Posts tagged: bng

Abríndose

Temos que abrir-nos á sociedade, porque ata o de agora fomos túçaros impenitentes cargados de ideología. Porque fomos heterodoxos, procurando alternativas á ideología dominante prenhada de religião e mentira.  Quem fala de apertura á sociedade fala de:

Renunciar á ideología

Renunciar ao debate racional

Aceptar que o punto de vista dos demais (baseado na religião e a mentira) é tan válido coma o nosso

Adoptar o pensamento común único e universal

Participar no jogo do esperpento, porque só participando no jogo se pode ganhar o jogo

Ja sabem: deissem a bilharda, façam penha no futebol e levem as suas ideias á sociedade seguindo o manual de estilo e a profundidade  de raciocinio de Sálvame.

Ábranse!

Por ser “bo”

Pensaba no alcalde do BNG de Arçua que foi proibido de candidatarse de novo por não tirar com um local ilegal que aprovara o alcalde anterior (do PP). …mesmo foi o que passou co bipartido que foi banido do governo por não tirar os locais ilegais feitos pelos governos anteriores…há que ver os paralelos que faz a vida!

Ir ou ficar: cismar sobre uma questão

Mira que anda uma a fugir de seghún que cousas e me chega á caixa do correio esta questão do Marcos.

Reagim para atopar os colectivos sociais e miro arredor protestas contra a visita do capo da seita, mobilizações e acções obreiras, campanhas de informação e denuncia, um espalhamento crecente de centros sociais, ocupados ou nom, seareiros e seareiras…bem, ja pasei o sobressalto, os colectivos e as pessoas andam máis ou menos no que andam sempre.

Tenhem menos atenção midiática, porque ja nom som uteis para o poder na desestabilização do governo inconvinte. Pero existem e máis gozam de boa saúde.

Bom agora que sabemos onde andam os colectivos sociais, podo analisar, sem matarme, o seu papel no periodo 2006/2009, pois todo o mundo concorda que o seu papel entre 2003 e 2005 foi levar ao governinho ao BNG e ao PsoE,  quem ficaron mui surprendidos e contentes.

Os “colectivos sociais” denunciaram a faléncia do bipartito para os interesses do electorado de esquerda.

Isto foi aproveitado polo PP que tirou rendemento da consequente abstenção electoral de essa esquerda.

No entanto o bipartito despreza as críticas que se lhe fam desde a esquerda e anda a procura de criar gordura a conta de electorado do PP, operações que logo se vem fracassadas.  Perdendo os votos dos cabreados e desprezados e sem acadar os votos dos rafascuiñas que seguem no PP, o bipartito suicida-se electoralmente.

Esse é único cargo contra dos “colectivos sociais”:  ser de esquerda e ejercer.

O futuro? Ah!: o futuro… acharom vocés qualquer rectificação? Pois ja sabem a resposta.

Staypressed theme by Themocracy