Semana Conde Roa

Bom, visto o visto, há que ser agradecidos. Obrigado cidadão compostelão que mandaches cos teus votos a Gerardo Conde Roa para vereador. Daquela era Bugalho, o fascismo cínico, quem amolava á cidadanía com o silenzo cúmplice dos seus colegas de confraría. Agora, graças a ti, temos no governo o fascismo palhaso. Mudamos um José Antonio por um Mussolini.

Aborrecidos estavamos co tristóm de Bugalho tentando pechar locais com peregrinas excusas legais, antes fora máis bruto em sua persecução da Casa Encantada, multando moços por pintar murais abandonados, mesmo coa licenza dos seus proprietários, sancionando asociações por pendurar faixas em actos sociais (sardinhada do san joão) em paredes sensiveis… Agora temos outro que faz o mesmo, pero no entanto dá risa…e provoca maís e melhor  combatividade.

Domingo: eleições e celebração

Segunda: Não estou para nimguém!

Terza: Chamando todo o día para a delegación del gobierno, preparando o despejo da sala Yago

Quarta: Agitação e combate contra a kale borroka. Stress, quere dirigir as operações e não o deissam

Quinta: Parte de guerra ante a imprensa pagada. Junta reparadora com a supremazista Gloria…love is in the air e celebração

Sexta: Não estou para nimguém! Falem com Angel Espadas. Ah! que tenho de ir a inaugurar a rúa Don Manuel, bem, mas uma cousa rapidinha, eh!

Sábado: celebração semanal

Domingo: Não estou para nimguém! Vaiam para a misa!

watch?v=w8F7neVTvbE

Não digam que não e bacana

Comments are closed.

Staypressed theme by Themocracy